jusbrasil.com.br
5 de Julho de 2022

Banco é condenado a reembolsar taxas de juros que superam em dobro a média aplicada pelo mercado

TJ/SP considerou que as taxas contratadas são excessivas porque superam ao dobro das médias do mercado.

Marcello Prince, Bacharel em Direito
Publicado por Marcello Prince
há 2 meses

Agente Crefisa - Lucros e Passo a passo para se cadastrar

A 20ª Câmara de Direito Privado do TJ/SP julgou improcedente a ação revisional de contrato bancário em empréstimos pessoais com juros remuneratórios abusivos.

O caso discutiu as excessivas taxas de juros remuneratórios sobre os empréstimo de credito pessoal, firmados em contratos pela autora e ré.

A autora sustentou que os juros pactuados superaram em muito a taxa média do mercado e não poderiam prevalecer. O juízo de 1º grau julgou improcedente e condenou a autora ao pagamento das custas do processo e dos honorários advocatícios.

O relator da apelação, desembargador Álvaro Torres Júnior, ressaltou que o Banco não poderia “criar um tipo de operação especial” como as que tratam nos autos, pois são simples mútuos, chamados de “empréstimo pessoal” unicamente para fugir dos limites do mercado e obter maior lucro.

“A entidade financeira, ao desrespeitar aquele limite tolerado pela jurisprudência (correspondente à duplicação da taxa média), deve se sujeitar ao patamar mínimo, que é a própria taxa média de mercado e não o dobro desta.”

Posto isso, o relator determinou que o Banco-réu fizesse o reembolso dos valores em cumprimento de sentença.

Os advogados atuantes Willian Oliveira Peniche e Vitor Matera Moya patrocinaram os interesses da autora.

Processo: 1079383-06.2020.8.26.0100

Informações relacionadas

Marcello Prince, Bacharel em Direito
Notíciashá 2 meses

Taxa de juros exorbitantes em patamar três vezes superior à média de mercado enseja devolução de valores

Luis Roberto, Advogado
Modeloshá 3 meses

Ação Revisional de Contrato de Cartão de Credito com Antecipação de Tutela

Marcello Prince, Bacharel em Direito
Notíciashá 2 meses

Idoso é indenizado em danos morais por cobrança de empréstimo não contratado

Advogada Vanessa Peruzzi, Advogado
Notíciashá 2 meses

Troca da CNH brasileira pela carta de condução em Portugal

Marchi e Boulos Advogados Associados, Advogado
Notíciashá 2 meses

3 Fatos que você precisa saber sobre o divórcio!

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)